Atitudes chave

Acreditamos que o desenvolvimento destas 6 atitudes-chave ajudará os nossos alunos a levarem uma vida preenchida e bem sucedida, tornando-se membros valiosos da sua comunidade.

Autonomia

Incentivar os alunos a tornarem-se fisicamente e emocionalmente auto-suficientes, intrinsecamente motivados e organizados no seu autocuidado, na tomada de decisões e na aprendizagem. Proporcionar um ambiente seguro para que os alunos possam estabelecer e rever os seus próprios objectivos, aprendam com os seus erros e desenvolvam um espírito determinado.

Confiança

Desenvolver a confiança dos alunos nas suas próprias capacidades e talentos, de modo a estimular indivíduos conscientes dos seus pontos fortes e fracos, encorajando-os a expressar claramente as suas necessidades e opiniões e a lidar com o fracasso como um importante passo para alcançarem o sucesso.

Curiosidade

A curiosidade começa com a vontade de explorar. O instinto de explorar cresce e transforma-se num instinto de investigação. Estimular a curiosidade dos alunos permite-lhes aprender, crescer e questionarem-se sobre o mundo em que vivem. A curiosidade ajuda-os também a desenvolverem uma imaginação saudável, um sentido de criatividade e a reterem melhor a informação que necessitam para aprenderem na sala de aula. A curiosidade desenvolve uma mente activa, contraria a monotonia e inspira a persistência.

Benevolência 

Aprender a ser respeitador e atencioso com o próprio, com os outros e com o nosso ambiente. Desenvolver a capacidade dos alunos para cuidarem de si próprios, promovendo um estilo de vida saudável e equilibrado. Assumir a responsabilidade pelos seus próprios pertences, bem como os dos outros e pelo nosso ambiente de aprendizagem.

Colaboração

Desenvolver a capacidade de aprendizagem eficaz com os outros. Aprender sobre inteligência emocional e a gerir as suas próprias emoções de modo a poderem trabalhar bem com os outros num ambiente de grupo ao realizarem uma tarefa ou projecto comum.

Determinação

Ser determinado é a capacidade de perseverança. Trata-se de ser resiliente, trabalhador e estar disposto a continuar face às dificuldades, obstáculos e até mesmo fracassos. Para além da perseverança, ser determinado é também ser apaixonado por algo. Estimular os alunos a serem determinados significa ajudá-los a estabelecer e alcançar os seus objectivos. Quando ensinamos os alunos a controlar a sua atenção, emoção e comportamento, capacitá-los a perseguirem objetivos que são importantes para eles, o que estabelece o caminho para ajudar cada aluno a atingir todo o seu potencial.